Deixam a vida (vos) tocar !

Deixem a vida vos tocar.Eu sempre me irritei um bocado com gente apática, que não sente, que não sabem se permitir à vida, que se recolhem na frieza, na apatia.Sempre preferi ser entusiasta, aliás, não sei ser de outra forma. Eu permito-me sentir, sempre. Conheço a vida através dos sentidos, das emoções.Nem sempre são emoçõesContinuar lendo “Deixam a vida (vos) tocar !”

Falei (dele) a toda a gente…

Falei dele, a toda a gente. Não da cor dos seus olhos, mas do sabor da sua presença… Ainda hoje sabe, a algo inacabado, mas o tempo, sobrecarregado me diz, que não posso mais ficar ali. Todos me perguntam pela sua presença. Mas ninguém conhece a indiferença que se gerou. Não há crença nem motivoContinuar lendo “Falei (dele) a toda a gente…”

Sabedoria do Inconsciente

Há coisas que em certos momentos, minha mente pensa, ou constata involuntariamente. Talvez sejam as mazelas do subconsciente que emergem. Essas coisas, não as exteriorizo, não falo delas com ninguém. Quando surpreendentemente, no momento quase a seguir a essas mesmas questões me terem ocupado alguma atenção do meu raciocínio, algo palpável, visual, material, algo queContinuar lendo “Sabedoria do Inconsciente”

O que é valer a pena ?!

O que é, para nós, de forma individual, definido por “realmente valer a pena” ?! Já pensaram nisso ? De verdade ? De forma reflexiva e profunda ? O que dizemos sobre o “valer a pena” não estará definido pelos nossos padrões de comodidade, de satisfação das nossas matrizes do ego, delineado pela nossa aceitaçãoContinuar lendo “O que é valer a pena ?!”